PALAVRAS DE UM MENINO QUE EMOCIONOU A TODOS

Um dos momentos de maior emoção no almoço promovido pela Confraria Timbu de Ouro foi a declaração de amor ao Náutico feita pelo menino João Pedro. Falando em nome da nova geração de torcedores ele contou a sua história – que é a mesma de todos os meninos e meninas alvirrubros nascidos a partir de 2004. Ele também quer voltar aos Aflitos e ser novamente campeão.

Nas puras palavras de uma criança ele falou de seu orgulho em ser alvirrubro, de sua paixão pelas cores vermelho e branco. Mas cobrou da geração atual união e compromisso com o clube. Cobrou resultados. Cobrou os títulos que não vieram nos últimos 12 anos. E arrancou lágrimas dos olhos de muitos “Timbus velhos” que estavam presentes ao evento.

Para aqueles que não puderam ir, reproduziremos abaixo as palavras de João Pedro, que agora é também um símbolo do NOVO NÁUTICO, do Náutico que está voltando para sua casa, que está voltando para o rumo das vitórias.

DISCURSO:

Inicialmente gostaria de dizer boa tarde a todos.

Meu nome é João Pedro, tenho 12 anos. Sou filho de uma família onde todo mundo é NÁUTICO.

Eu nasci no dia 28 de julho de 2004, 100 dias após o Náutico ter sido Campeão Pernambucano.

Quer dizer que eu já nasci campeão.

Nos meus álbuns de fotografias de 2004 eu estou lá na barriga da minha mãe já ostentando a faixa de CAMPEÃO que o meu pai trouxe do Arruda após a nossa incontestável vitória por TRÊS A ZERO em cima do Santa Cruz.

Fui crescendo e passei a frequentar o estádio dos Aflitos com meu pai.

Era sempre uma grande festa. Me sentia no quintal da minha casa. E a torcida era a minha família também.

Já entrei em campo com os jogadores, assisti derrotas e vitórias. Vivi as emoções de um torcedor TIMBU.

Nos mudamos para a Arena. Eu e meu pai fomos ao primeiro jogo do Timbu lá: Náutico e Sporting de Portugal, um a um.

SOU UM LEGÍTIMO TORCEDOR ALVIRRUBRO.

Mas o Náutico tem uma dívida com a minha geração.

Nós ainda não vimos o nosso TIMBU ser campeão.

E já tá mais do que na hora disso acontecer né, pessoal ? ? ?

Nossos amigos da escola que torcem por outros clubes já vivenciaram isto. Mas nós não.

Por isso, nós, que somos o FUTURO do Náutico estamos aqui para dar um recado a vocês.

TEMOS QUE nos esforçar para ajudar o nosso clube a renascer.

Foi assim, em 1998, quando nossos pais participaram de um grande movimento que fez surgir a CONFRARIA TIMBU DE OURO e ajudaram o Náutico a voltar às vitórias.

2001, 2002 e 2004.

Infelizmente parou aí.

O futuro somos nós. Mas as mudanças precisam ser realizadas por todos vocês.

Unidos seremos imbatíveis.

Somos Náutico, somos hexa, e queremos voltar a ser a principal força do futebol de Pernambuco.

Isto só depende de nós.

Este é o compromisso da minha geração.

Muito obrigado!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *